Governança

Raia Drogasil – História, Governança e Sustentabilidade

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Raia Drogasil, chamada oficialmente RD – Gente, Saúde e Bem-estar, formou-se a partir da fusão das empresas de varejo Droga Raia e Drogasil em 2011, e é hoje a maior rede de drogarias do Brasil, com um valor de mercado em torno de R$ 38 bilhões, e R$ 548,6 milhões de Lucro Líquido em 2018 (InfoMoney). 

Como a história e o modelo de governança dessas empresas podem explicar tamanho sucesso e domínio do mercado?

Em 1905 o farmacêutico João Batista Raia inaugura a Pharmacia Raia em Araraquara; em 1935 a Drogasil surge a partir da fusão de dois pequenos grupos de farmácias do Estado de São Paulo, comandada por José Pires de Oliveira Dias, e em seguida abre sua primeira loja em Uberlândia (MG). Ao longo das próximas décadas, ambas empresas foram notadamente pioneiras em diversas inovações.

Em 1977, a Drogasil abre seu capital, tornando-se a primeira do varejo farmacêutico a fazer parte da Bolsa de Valores.

Durante a década de 80 a Droga Raia se tornou o primeiro comércio varejista a substituir as máquinas registradoras por computadores, utilizando um software próprio para controlar o estoque de forma automática e gerando assim alta redução de gastos.

Ao mesmo tempo, a Drogasil foi a primeira empresa a adotar um programa de relacionamento e fidelidade, a partir da ideia inicial de oferecer cartões de desconto para aposentados.

Ao longo da década de 90, ambas desenvolvem novos processos de TI, e é feita uma padronização do visual das lojas, que adquiriram a aparência moderna como as conhecemos hoje. Em 2010 a Droga Raia ingressa no Novo Mercado, que inclui as empresas com o mais elevado nível de governança corporativa da Bovespa.

Além disso, a construção de uma sólida cultura de governança é outro aspecto essencial do sucesso destas empresas.

Estrutura de governança da Raia Drogasil

Como está a Raia Drogasil atualmente?

A figura demonstra a estrutura atual de governança da RD, estabelecida em 2018. A partir da organização eficiente desses processos, a empresa pôde elaborar diretrizes éticas e trabalhar para alinhar a atuação de seus funcionários em torno de seus valores centrais: cuidar das pessoas, do negócio e do planeta.

Estes valores são de muita consistência entre si, especialmente nesse setor. Cuidar da saúde vai além de fazer uso de medicamentos corretos – envolve também calor humano. Ao mesmo tempo, cuidar do planeta é cuidar das pessoas – precisamos de recursos naturais para produzir medicamentos, e de biodiversidade para a descoberta de novos tratamentos. 

A expansão de uma indústria tão importante para a sociedade deve levar em conta que seus crescentes consumos de água, eletricidade e produção de resíduos têm um impacto potencial sobre o ambiente. Ou seja, seria contraditório com o serviço de prezar pela saúde de seus consumidores. 

Portanto, a Raia Drogasil deu passos além da inovação, ela estabeleceu uma consciência de sua posição no mercado e na sociedade, e um compromisso ético com o desenvolvimento sustentável e o futuro – o qual não seria possível sem uma governança corporativa avançada.

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Brasil Valuation

Somos especialistas em estruturação de empresas e negócios e nosso foco é diminuir riscos e aumentar a assertividade das tomadas de ações de empreendedores e empresas.

Solicite uma reunião gratuita

Você também pode gostar de:

CADASTRE-SE EM NOSSA LISTA!

Receba conteúdo de alto valor em primeira mão no seu email