Orçamento empresarial em tempos de COVID-19: Qual a sua importância?

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Coronavírus, mudanças de cenários, informações desencontradas pelos governos. Nos dias atuais, vivemos uma série de incertezas. Mas apesar de tudo, vai passar em breve!

Para pensar no presente e no futuro de sua empresa é extremamente necessário ter muita atenção e controle. Para isso é essencial que sua empresa tenha mecanismos para se adequar as necessidades atuais. Indicadores de gestão, KPIs, orçamento empresarial, são alguns bons exemplos.

Mas nem toda companhia sabe da necessidade e nem por onde começar. No Brasil, a maioria das empresas são familiares e não profissionalizadas, tendo um nível de controle de informações baixo sobre seus negócios. Não basta os resultados financeiros de uma empresa. Em outras palavras, sem um controle e projeções futuras para esses resultados, de nada adianta a quantidade de dinheiro perante as incertezas do mercado.

Nesse sentido, tendo em vista essa demanda de conhecimento para a melhor gestão das empresas, a Brasil Valuation se propõe nesse artigo a explicar um dos principais mecanismos de controle, o Orçamento Empresarial

O que é um orçamento empresarial?

Orçamento empresarial nada mais é do que um planejamento no qual o objetivo é detalhar as receitas, as despesas e os investimentos de uma empresa ao longo de um período futuro determinado.

O orçamento poderá ser feito via uma planilha eletrônica digital ou via sistema apropriado para este fim.

Qual o objetivo do orçamento empresarial?

O objetivo do orçamento empresarial é possibilitar a empresa/cia presumir suas despesas/receitas, estabelecendo metas e objetivos, avaliando a necessidade de se alavancar em busca de oportunidades, capital de giro, aplicação de lucros, investimentos, compras de ativos imobilizados, cortes de despesas, etc…

Quando se é feito uma projeção através de um orçamento empresarial, a empresa passa a ter números e bases cada vez mais sólidas para tomadas de decisão, ao passo que obtêm maior controle de suas finanças.

O orçamento empresarial deve andar junto com o planejamento estratégico da empresa.

Qual a composição do orçamento empresarial?

A composição do orçamento empresarial é feita por inúmeras variáveis. Ao passo que quanto mais detalhes tivermos neste orçamento, menor a chance de acontecer distorções na comparação entre os números orçados x realizados.

  • Projeção de receitas
  • Despesas fixas
  • Despesas variáveis
  • Custos de produção
  • Custos de mão de obra
  • Investimentos

Estes acima, são exemplos de dados que não podem faltar num orçamento empresarial.

Normalmente as empresas tem centros de custos para cada departamento, dando a ideia de várias “mini empresas “dentro da sua própria empresa. Da mesma forma, cada setor tem seu Head, onde este é responsável por gerir sua “mini empresa “e responder por seus números.

Para que ocorra o confronto da base orçamentária com a base real, tanto o setor financeiro como o setor contábil poderá gerar relatórios oficiais da empresa. Exemplos de relatórios são: o Fluxo de Caixa, o Demonstrativo de Resultados do Exercício e o Balanço Patrimonial.

Como construir um orçamento?

Existem várias metodologias para as empresas determinar a construção de um orçamento empresarial.

  • Matricial
  • Histórico
  • Base zero
  • Participativo
  • Impactado

Cabe a empresa definir a opção que melhor se aplica a mesma, podendo variar de empresa a empresa.

Normalmente as empresas levam inúmeros fatores em consideração para compor seu orçamento: se a empresa está capitalizada e com possibilidade de expansão, se está em fase de estagnação de crescimento do seu capital ou se está em declínio com relação a seu capital.

Em todos os casos citados, é possível a criação de um orçamento empresarial.

Orçado x realizado na prática

Sempre que se finda o período projetado, é de suma importância a empresa fazer o comparativo do que foi orçado e do que foi realizado para confrontar os números e verificar se houve desvio do que havia sido planejado no orçamento

Com o passar do tempo, a empresa e a equipe envolvida vai ganhando maturidade e segurança para e elaboração de novos orçamentos e melhorando com seus aprendizados, assim fortalecendo ainda mais o time e a empresa como um todo.

A importância do controle em tempos de crise

Nós vivemos em um tempo de incertezas no cenário econômico mundial. A pandemia vem causando diversas mudanças e prejuízos para a maioria das empresas brasileiras. A diferença não será sobre quais empresas serão ou não afetadas pela crise, visto que todas irão ser afetadas de alguma maneira, mas, quais irão ter competência e mecanismos para sobreviver e gerir suas perdas e déficits nesse período.

Mais do que nunca, o orçamento empresarial será crucial para qualquer gestor. Nesse sentido, a possibilidade de presumir receitas/despesas e avaliar a necessidade de alavancagem, dará à empresa informações relevantes para tomada de decisão que poderá torná-la ou não bem sucedida durante esse período de crise. Devo cortar gastos em que setor? O quanto de gastos devo cortar? Quantas despesas vou ter no futuro para cobrir? Com as ferramentas certas, as incertezas não irão afetar o seu negócio de forma tão expressiva como os outros.

A Brasil Valuation acredita que o sucesso empresarial em tempos de crise depende da competência e conhecimento dos empresários. E você? Está preparado para o presente e o futuro?

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Brasil Valuation

Somos especialistas em estruturação de empresas e negócios e nosso foco é diminuir riscos e aumentar a assertividade das tomadas de ações de empreendedores e empresas.

Solicite uma reunião gratuita

Você também pode gostar de:

CADASTRE-SE EM NOSSA LISTA!

Receba conteúdo de alto valor em primeira mão no seu email