Prioridades para os Conselhos em 2021: Pela ACI Institute Brasil / KPMG

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Covid-19, recessão econômica, eventos climáticos extremos, inquietações e movimentos sociais e um cenário de crescente polarização política desenham um panorama intimidador e de alto risco para os negócios em 2021. A volatilidade global aumentará o desafio, impulsionada por tensões comerciais e geopolíticas, bem como fontes de financiamento e administração das dívidas, disrupção tecnológica e dos modelos de negócios, ascensão do risco cibernético e o escrutínio regulatório. A pressão sobre o conselho de administração, a gestão, os funcionários e a governança em geral será significativa.

O ACI Institute Brasil em conjunto com o Board Leadership Center da KPMG elaboraram a publicação Conselho de Administração: prioridades para a agenda de 2021.

Os principais temas para os Conselhos de Administração em 2021

  1. Manter o foco na resposta da administração à Covid-19, sem perder de vista o cenário geral dos negócios;
  2. Fazer da gestão do capital humano e da sucessão do CEO prioridades;
  3. Questionar se a empresa está fazendo o suficiente para promover mudanças reais e duradouras no combate ao preconceito sistêmico (bias) e ao racismo;
  4. Reavaliar o foco em ESG e seu propósito corporativo;
  5. Reavaliar se os planos de resposta e resiliência a crises estão alinhados à estrutura de gerenciamento de riscos (ERM) da organização;
  6. Abordar a segurança cibernética e a privacidade de dados de forma holística – governança da informação;
  7. Atuar na definição do tone-at-the-top e monitorar a cultura corporativa;
  8. Construir um Conselho que represente a estratégia  da  empresa  e  suas  futuras necessidades; e
  9. Ser proativo no engajamento com acionistas e ativistas.

Ajudar empreendedores e gestores de empresas a reduzir riscos e aumentar o valor dos seus negócios é o propósito da Brasil Valuation, por esse motivo compartilhamos esta relevante publicação, mostrando que diferentes riscos continuarão a testar as empresas e os Conselhos ao longo de 2021, exigindo uma governança corporativa assertiva e ainda mais estratégica para continuidade na transformação contínua nas organizações.

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Brasil Valuation

Somos especialistas em estruturação de empresas e negócios e nosso foco é diminuir riscos e aumentar a assertividade das tomadas de ações de empreendedores e empresas.

Solicite uma reunião gratuita

Você também pode gostar de:

CADASTRE-SE EM NOSSA LISTA!

Receba conteúdo de alto valor em primeira mão no seu email